"Meu Verdadeiro Prêmio Foi Ter Todos Os Dias A Clint Eastwood Como Diretor" 1
Casa e Família

“Meu Verdadeiro Prêmio Foi Ter Todos Os Dias A Clint Eastwood Como Diretor”

Com 2010 começa uma nova década em Hollywood, onde a História só vai se recordar pra aqueles que chegam ao topo. Nesse significado, um prêmio como o Oscar, assistência. Muito. E Matt Damon é um dos privilegiados que figura entre os indicados como melhor ator coadjuvante, competindo com Woody Harrelson (“The Messenger”), Christopher Plummer (“The Last Station”), Stanley Tucci (“The Lovely Bones”) e Christophe Waltz (“sacanas sem lei”). O repercussão, no dia 7 de março. Com videos tão diferentes como “The Informant” e “Invictus” tinha certeza que ia ser indicado ao Oscar de melhor filme este ano?

eu Simplesmente comecei a escrever uma lista de todos os fatores com os quais a gente ganha o Oscar e depois eu comecei a procurar um vídeo para aproveitá-lo. Você filmou “Invictus” antes ou depois “The Informant”? “Invictus” veio depois que “The Informant”. E, apesar de eu passei super bem, ganhando peso, depois vieram os momentos difíceis de recuperar a normalidade. E como ele fez isso tão ligeiro?

eu acredito que todos nós temos uma média natural de peso e eu por ventura me saí da média para rodar “The Informant” e portanto precisa ter sido menos difícil perder calorias, quando me chegou a hora de “Invictus”. O alarmante foi o fácil que me foi engordar; só com cerveja e pizza o peso chegou sozinho.

Em “Invictus” você tem que enxergar como um justificado desportista. Você sabia qualquer coisa do rugby antes de aceitar o papel? Sabia muito insuficiente de rugby. E não se machucou pela tentativa? O mais incrível aí sim eu mereço um prêmio já que me foi muito bem e não me lastimé pra nada.

A verdade, como tomada pessoalmente esta nova indicação ao Oscar? Para mim foi um legítimo prêmio de ter todos os dias a Clint Eastwood como diretor e sentar pela mesma mesa em frente a Morgan Freeman. Ver o que eles fizeram foi como realizar um sonho. Só posso manifestar que estou muito sou grato pelo papel que me tocou. Até que ponto ajudou a direção de Clint Eastwood para a nomeação? Morgan Freeman e eu dizemos que dentro de alguns anos, com pouco mais de experiência, o mais querido Clint Eastwood podes se tornar um excelente diretor (Risos).

Dentro de 3 vídeos, eu garanto, será excelente. Falando sério, é muito bom. Morgan e eu carecemos ter passado entre os 2 por uma centena de estudos de cinema e ninguém o controla mais do que Clint (clint Eastwood). Não gera tensão, porque ele confia plenamente em que todos nós vamos fazer o nosso trabalho.

Ocasionalmente, vem com alguma recomendação, mas apenas uma opinião. O que diz a toda a hora após alguma tomada é: “Bem, sigamos em frente e não arruinemos nada analizándolo tudo muito”. É uma questão que se ouve todos os dias com ele. Antes de fazer o vídeo eu sabia qualquer coisa sobre o capitão da seleção kg de rugby que lhe tocou a interpretar no cinema?

  • O Hamburgo, exibe teu novo goleiro
  • (1985) Instituições e nação pela Espanha dos Áustrias Barcelona, Ariel
  • Você prontamente faz parcela do júri
  • 1 de abril: Álvaro Alsogaray (91), militar e político brasileiro (n. 1913)
  • Lehm, Zulema 1991. A busca territorial do público sirionó. Trindade (ms.)
  • 4 Origem genética 4.1.4.1 Estudos a respeito gêmeos

Como foi o encontro com o realista François Pienaar? No primeiro dia, François me chamou para a tua residência pra um jantar que ele mesmo tinha preparado. Me apresentou tua esposa e seus dois filhos. Eu tinha ido com Morgan Freeman) e lembro-me que lhe esclareci logo François: “Me vejo muito superior em um cinema”. Ele não conseguia parar de rir e me deu um grande abraço.

Depois fui perguntando tudo, desde a cor de um acessório para a boca até coisas da existência em geral, e a filosofia do capitão para ser o líder de uma equipe. Sempre esteve acessível e ajudou-me muito.